Passar para o conteúdo principal

Certos gases são classificados como dispositivos médicos, como é o caso do Quiruxal (dióxido de carbono), para uso em laparoscopia e colonoscopia e o Azoto Líquido Medicinal (N2).para criocirurgia, dermatologia e conservação de tecidos.

O decreto-Lei n.º 145/2009 define os dispositivos médicos como um grupo de gases utilizados em seres humanos para o diagnóstico, prevenção, controlo, tratamento ou atenuação de uma doença, lesão ou deficiência; para o estudo, substituição ou alteração da anatomia ou de um processo fisiológico, e que não exerce a acção principal desejada no interior ou na superfície do corpo humano por meios farmacológicos, imunológicos ou metabólicos.

Consideram-se dispositivos médicos os gases como o (dióxido de carbono) Quiruxal, para utilização em laparoscopia e colonoscopia, e o Azoto Líquido Medicinal, para dermatologia, criocirurgia e conservação de tecidos.

QUIRUXAL: Dióxido de Carbono medicinal

É um gás medicinal classificado como dispositivo médico, indicado para laparoscopia, colonoscopia e colonoscopia tomográfica computorizada.

Ler mais

Azoto Líquido Medicinal PS

O azoto líquido é um gás medicinal classificado como dispositivo médico, indicado para criocirurgia, dermatologia e conservação de tecidos.

Ler mais

Contacte-nos

Para mais informações por favor contacte-nos ou deixe-nos a sua mensagem.

Plataforma de Atendimento ao Cliente : 808 202 033